Folhado com creme de morangos



Gosto muito de folhados com creme e fruta tenho sempre um rolo daqueles do Lidl que são rectangulares e dão jeito para este tipo de folhado.
Simples de fazer e podemos sempre rechear com o que quisermos.
 
Ingredientes

1 rolo de massa folhada rectangular
200 g de morangos
2 c.(sopa) de açúcar
2 c.(sopa) de vinho moscatel
1 pacote de natas
1 iogurte grego natural
4 folhas de gelatina
chocolate em pó
framboesas e groselhas

  
Desenrola-se a massa folhada e corta-se ao meio , colocam-se as duas metades num tabuleiro usando o papel que vem a enrolar a massa.
Pica-se toda a massa com um garfo , sobre a massa coloca-se um folha de papel vegetal e por cima outro tabuleiro, isto para que a massa não cresça.
Vai a cozer por 15 minutos ,depois retira-se o tabuleiro de cima da massa e a folha de papel vegetal e deixa-se cozer até a massa ficar dourada.

Entretanto faz-se o creme, colocando os morangos cortados em pedaços numa panela assim como o açúcar e o moscatel, deixa-se cozer até que os morangos se desfaçam.
Com a varinha mãgica trituram-se e junta-se as folhas de gelatina espremidas, mexe-se bem para que se dissolvam, reserva-se para que arrefeça.


Batem-se as natas bem firmes, junta-se o iogurte grego e de seguida os morangos triturados, envolve-se tudo muito bem e vai ao frio cerca de 30 minutos para prender um pouco.

Quando estiver no ponto coloca-se o creme num saco de pasteleiro de bico frisado e vai-se deitando sobre uma placa de massa folhada até acabar o creme, coloca-se a outra massa folhada por cima.
Polvilha-se com chocolate em pó e decora-se com as framboesas e groselhas.

Batata brava com romesco e azeite de chouriço




Este mês o desafio do Memories duna cuinera  é fazer batata brava , a primeira vez que comi foi em Tarragona na primeira vez que estive lá de férias e gostei muito pois tem um molho picante.
Já fiz varias vezes mas desta vez procurei uma receita diferente e encontrei no blog Pimientos verdes  a eleita.
Leva o molho romesco que é um molho de origem catalã que provém da região de Tarragona .
Leva nôras que é um pimento redondo pequeno e vermelho , como não tinha usei o nosso pimento vermelho o molho fiz a olho e com algumas alteraçôes, receita vinda daqui.
Devo que adorei , foram as melhores batatas bravas que  já comi.




Ingredientes 

4 batatas médias
6 rodelas de chouriço
3 c. (sopa) de azeite
maionese
molho romesco
pimenta preta

Molho romesco

1 tomate maduro
3 dentes de alho
1/2 pimento vermelho
6 avelâs tostadas
12 amêndoas tostadas
sal
pimenta
3 c.(sopa) de azeite
2c.(sopa) de vinagre balsámico
piripiri



Para o molho tiras-se a pele das amêndoas e das avelãs e reservam-se.
Num pirex coloca-se 2 dentes de alho com casca o tomate e o pimento e vai ao forno assar.
 Depois de assado retira -se a pele do tomate e do pimento, corta-se em pedaços coloca-se no liquidificador assim como as frutos secos os alhos descascados ,azeite ,vinagre, tempera-se com sal e pimenta e o piripiri e tritura-se tudo muito bem.
Se ficar muito grosso junta-se mais azeite e vinagre.
 Reserva-se.


Descascam-se as batatas e cortam-se em cubos, fritam-se até ficarem bem douradas e depois escorrem-se sobre papel de cozinha.

Fritam-se as rodelas de chouriço no azeite( o chouriço não precisamos para a receita apenas o azeite) .

Nos pratos colocam-se as batatas, sobre ela a maionese , o molho romesco , o azeite de chouriço ,pimenta preta acabada de moer  e servimos com uma cerveja bem fresca.   
 

Gelado de baunilha


Esta aberta a temporada dos gelados e o primeiro é com sabor a baunilha, receita super simples do chef Henrique Sá Pessoa .


Ingredientes

250 ml de leite
250 ml de natas
1 vagem de baunilha fresca
6 ovos 
100 g de açúcar


Num tacho mistura-se o leite com as natas , junta-se a polpa da baunilha do interior da vagem e a vagem também.
Retira-se do lume assim que levantar fervura e reserva-se por 15-20 minutos.

Separam-se as gemas e colocam numa taça, junta-se o açúcar ,adiciona-se um pouco do leite para habituar as gemas ao calor.
Adiciona-se tudo e e leva-se ao lume, mexendo sempre até ficar cremoso, cerca de 10 minutos.


Quando estiver cremoso retira-se e  coa-se com um passador, deixa-se arrefecer um pouco e depois coloca-se no frigorifico.

Quando estiver bem frio bate-se com a batedeira em velocidade baixa até ficar cremoso.
Coloca-se depois no congelador até prender mais um pouco e serve-se.

Bife de peru com puré de pêra e morangos


Esta é uma receita adaptada da revista Sabe bem faz bem do Pingo Doce.
Gosto muito de comida com fruta, aproveito para fazer quando cozinho só para mim.
Gostei desta combinação de sabores.


Ingredientes

1 bife de peru
1 pêra
sal
vinho branco
1 dente de alho
pimenta preta moida na altura
 3 morangos
vinho do porto 
alecrim



Descasca-se a pêra , corta-se em gomos e retira-se o caroço.
Leva-se ao lume uma frigideira com um fio de azeite,deixa-se aquecer e salteia-se a pêra.
Tempera-se com sal e rega-se com um pouco de vinho branco e deixa-se cozinhar.
Retira-se e reduz-se a puré.

Limpa-se a frigideira com papel de cozinha e adiciona-se mais um pouco de azeite e o alho laminado  e quando estiver bem quente , salteia-se o bife de peru, tempera-se com sal e pimenta e retira-se reservando em local quente.

Deitam-se os morangos em cubos na frigideira ,junta-se o vinho do porto e deixa-se reduzir, esmagando os morangos com ajuda da colher de pau.
Serve-se o bife com o puré de pêra e o molho de morango
Polvilha-se a carne com alecrim fresco.

Delicia de Iogurte e Morango



Saiu uma nova revista de culinária , alias essa revista já existiu em formato mais pequeno e era semanal, agora tem novo formato e sai todos os meses é a Segredos de Cozinha vem substituir a Mulher Moderna na Cozinha que agora agora continua apenas com edições especias.
A receita da revista era rectangular eu como na tinha uma forma fiz numa redonda e as outras alterações  foram a base era com bolachas de chocolate eu usei maria e juntei chocolate e usei mais bolacha do que a receita pedia tirando também o ovo.
E como não tinha gelatina vermelha usei toda da incolor.




Ingredientes

250 g de bolacha maria
150 g de manteiga
60 g de chocolate em pó
 
8 folhas de gelatina incolor
300 g de morangos
100 g de açúcar
4 dl de natas( 2 pacotes)
2 iogurtes gregos naturais
2 claras
morangos e hortelã para decorar

Trituram-se as bolachas e junta-se a manteiga e o chocolate em pó, amassa-se um pouco.
Forra-se um aro com folhas de acetato e no fundo dispõe-se a massa de bolacha reserva-se no frio.

Demolham-se as folhas de gelatina me água fria, duas numa taça e as restantes noutra.
Arranjam-se os morangos ,junta-se 50 g de açúcar e levam-se ao lume até começarem a desfazer depois trituram-se com a varinha mágica.


Adiciona-se as 2 folhas de gelatina mexe-se bem para que se dissolvam e deixa-se o preparado arrefecer.

Batem-se as natas adicionam-se os iogurtes , levantam-se as claras em castelo com o restante açúcar e envolvem-se nas natas .
Separam-se 3 c.(sopa) e junta-se a gelatina espremida e leva-se ao lume em banho-maria para que se dissolvam e depois envolvem-se nas natas.

Divide-se este preparado em duas partes ,sendo uma maior e a este junta-se o preparado de morangos já frio.
Verte-se este creme sobre a base de bolacha e vai ao congelador até prender.
Depois sobre o creme distribuem-se alguns morangos cortados ao meio e verte-se sobre eles o creme branco e agora pode ir para o frigorifico até solidificar completamente de preferênçia dum dia para o outro.

Na hora de servir desenforma-se e decora-se com morangos e folhas de hortelã.